Censos :: Operações Experimentais :: Teste 2016

o que é para que serve

O que é e para que serve

Bem-vindo/a ao Censos Teste 2016. Com este Inquérito, o INE pretende avaliar a introdução de importantes inovações no modelo censitário, a utilizar no nosso país.

As exigências de informação da Sociedade atual e as novas tecnologias colocam desafios e potencialidades, que exigem e possibilitam abordagens inovadoras, a cuja avaliação é necessário proceder.

Para cada operação censitária, o INE inova, prepara e testa atempadamente, com vista a aumentar a eficácia e eficiência das operações e a encontrar as melhores soluções que proporcionem comodidade e facilidade na resposta a todos os cidadãos.

Nos últimos Censos a colaboração da população permitiu que Portugal estivesse entre os países que obtiveram maior taxa de resposta pela Internet. O desafio da modernização vai continuar e a inovação marcará os próximos Censos 2021. Pretende-se um Censo mais digital, mais cómodo para os cidadãos e mais eficaz na gestão dos recursos públicos. É tempo de preparar o futuro.

Principais objetivos

  • Avaliar o impacto da alteração do modelo censitário tradicional de distribuição de questionários porta-a-porta pelo envio postal de uma carta às famílias, com os códigos para resposta através da Internet;
  • Avaliar a utilização da Internet como principal modo de resposta aos Censos;
  • Avaliar a utilização de plataformas móveis no trabalho de campo;
  • Avaliar o contributo da informação administrativa no desenho do novo modelo censitário.


Onde se realiza

Onde se realiza

O Inquérito terá lugar nas seguintes freguesias:

Alvor

Cidade da Maia

Praia de Mira

União das Freguesias de Condeixa-a-Velha e Condeixa-a-Nova

União das Freguesias de Glória e Vera Cruz

Este inquérito dirige-se à população residente nas freguesias indicadas (aproximadamente 80 000 pessoas, residentes em 45 000 alojamentos).


Como Responder

Como responder

Responda pela Internet em www.censosteste2016.ine.pt

Entre 19 e 26 de setembro a população residente nas freguesias selecionadas receberá uma carta do INE com os seus códigos.
Responda a 26 de setembro ou nos dias imediatos.

O que necessita

  • Um equipamento com ligação à Internet;
  • O “Código” e a “Password”, enviados pelo INE.

Como proceder

Aceda a www.censosteste2016.ine.pt:

  1. Digite o Código e a Password indicados na carta;
  2. Verifique se a morada do alojamento se encontra corretamente preenchida; caso apresente alguma imprecisão, por favor corrija;
  3. Responda ao Inquérito e termine clicando em “Entregar”. O sistema irá devolver-lhe uma mensagem de “Entregue com sucesso”. Guarde esta notificação como prova da sua resposta.

Este procedimento garante um sistema de autenticação que protege a confidencialidade e segurança dos seus dados. O Código e a Password são únicos, intransmissíveis e referem-se exclusivamente ao alojamento indicado na carta.

Quando terminar de responder ao Teste 2016, colabore preenchendo, também online, o «Questionário de Avaliação». As suas sugestões e comentários são fundamentais para podermos melhorar os Censos. Obrigado!


Quando Responder

Quando responder

Responda a 26 de setembro ou nos dias imediatos

19 a 26 de setembro - a população residente nas cinco freguesias receberá uma carta do INE com os códigos para responder pela Internet.

26 de setembro a 30 de outubro - resposta pela Internet em www.censosteste2016.ine.pt.
Se não tiver condições para responder através da Internet deve contactar a Linha de Apoio ou dirigir-se à sua Junta de Freguesia (tenha consigo a carta que lhe foi enviada).

31 de outubro a 13 de novembro - resposta exclusivamente em papel (aguarde a visita do recenseador).
Se não for contactado telefone para a Linha de Apoio ou dirija-se à sua Junta de Freguesia .


Resposta Obrigatoria

Resposta obrigatória e confidencial

A resposta é obrigatória e está protegida pelo segredo estatístico e profissional, pelo que os dados individuais fornecidos ao INE assumem natureza confidencial, não podendo ser cedidos ou divulgados a terceiros e destinando-se a ser utilizados exclusivamente para fins estatísticos, nos termos dos artigos 4º e 6º da Lei nº 22/2008, de 13 de maio e do nº 5 do artigo 4º do Decreto-Lei nº 136/2012, de 2 de julho.

Os dados individuais ficam em segurança

O INE assegura as medidas tecnológicas e organizacionais apropriadas para proteger a confidencialidade dos dados individuais que recolhe.

Os dados individuais nunca serão entregues a outros organismos da administração pública, nem a quaisquer entidades e/ou empresas públicas ou privadas.

Todos os intervenientes no inquérito Censos Teste 2016 estão obrigados por lei ao dever de sigilo profissional, mesmo após o termo das suas funções.

O INE agradece a sua colaboração!


comunicacao

Comunicação

Para além da informação disponível neste site, o INE desenvolveu uma campanha de comunicação local para apoiar a população na resposta ao Teste 2016.

Consulte aqui os suportes:


Avaliação Final

Avaliação Final: Principais Conclusões

Da avaliação global do Teste Censos 2016 destacam-se como principais conclusões:

  • A metodologia desenhada para o novo modelo de inquérito é adequada
  • Neste teste, 85,5% dos alojamentos de residência habitual responderam pela Internet pelo que se preconiza que a Internet seja o primeiro canal de resposta aos Censos 2021 e que os interfaces de resposta permitam, também, a utilização de smartphones.
  • Face aos resultados obtidos, prevê-se que em futuras operações censitárias não se verifique a distribuição de questionários em papel, na maioria dos alojamentos.
  • O modelo vai permitir uma significativa redução do dimensionamento das equipas de campo.
  • O desenho do novo modelo de recolha confirma o potencial para utilização de dispositivos móveis na realização do trabalho de campo, numa perspetiva de Bring Your Own Device (BYOD).