Instituto Nacional de EstatísticaCensos 2011
 
Censos-2011





Estrutura executiva

A recolha da informação dos Censos 2011 é assegurada por recenseadores que procedem à distribuição dos questionários na semana anterior ao momento censitário e se encarregam da respetiva recolha nas quatro semanas seguintes. No caso da resposta através da Internet, não haverá lugar à recolha dos questionários.

O método descrito “entrega/recolha” pressupõe que os indivíduos procedam ao autopreenchimento dos questionários. Todavia, em múltiplas situações e sempre que se verifiquem dificuldades, este papel é desempenhado pelo próprio recenseador, no momento da recolha dos questionários.

O modelo de organização da recolha dos Censos 2011 assenta em três níveis de responsabilidade: Nacional (INE, Gabinete dos Censos), Regional (Delegações do INE e Serviços Regionais das Regiões Autónomas) e Local (Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia). Ao nível local, são ainda identificadas estruturas operacionais, hierarquicamente dependentes, em forma de pirâmide, cuja base é constituída pelos recenseadores.

A organização da recolha deve atingir os seguintes objetivos:

  • Combinar, de forma eficaz, os meios envolvidos;
  • Permitir a fluidez dos procedimentos e das ações eliminando as redundâncias;
  • Quantificar de forma adequada os meios necessários;
  • Garantir uma remuneração adequada das equipas de trabalho;
  • Assegurar um sistema de gestão e monitorização dos trabalhos, rápido e eficaz;
  • Identificar funções e níveis de responsabilidade adequados para permitir a necessária flexibilidade da estrutura.  

censos@ine.pt © 2009-2014, Instituto Nacional de Estatística

[D] Em conformidade com o nível 'A' das WCAG 1.0 do W3C